Como ser sincero no mundo da hipocrisia?

sinceridade

Com toda a certeza do mundo, você tem amigos que dizem que preferem conviver com pessoas que agem com sinceridade, do que com falsidade. Mas o que fazer quando esses mesmos amigos pedem a sua opinião, e quando você diz o que eles não gostariam de ouvir, te acusam de ser grosseiro e que sua mãe não te deu educação?

Antes de continuar, precisamos definir que existe uma grande diferença de “sinceridade” e “honestidade”, e que muitos confundem os termos. Por exemplo, quando uma pessoa diz: “Eu confesso, fui eu que roubei o seu carro”, ela foi sincera, porque admitiu que cometeu o crime. Apesar disso, ela não foi honesta, porque cometeu um ato ilícito, que vai contra as normas morais da honradez e decência.

Recentemente fui assistir uma peça de teatro de um conhecido. A peça era a milésima adaptação de Hamlet que eu assisti nos últimos dois anos. Com cenário reciclado utilizando fantasias de uma escola de samba, e com dois atores visivelmente embriagados, fui uma das poucas pessoas que conseguiu permanecer sentado até a cortina se fechar. Fui embora sem me despedir, mas no dia seguinte fui acordado com a seguinte mensagem no celular: “E aí, gostou da minha peça?”. Bom, acredito que só pelo fato de não ter respondido, ele já sabe o que eu achei do espetáculo.

Agora, se você é do signo de Áries assim como eu, ou Sagitário, Aquário e Virgem, sabe o quanto é difícil conseguir mentir. Não que pessoas de os outros signos não falam a verdade, é que tradicionalmente esses signos falam primeiro e pensam depois. Sagitário tem o compromisso com a verdade. Áries é intenso e impulsivo, não pensa antes de agir ou falar o que pensa. Aquário é inteligente e imprevisível, parece a brisa quando elogia e motiva os amigos. Virgem é um pouco mais discreto e contido, e possui a língua mais afiada do zodíaco. Outros, conseguem contar até 10 e medir as palavras. Touro, Leão e Capricórnio são muito sinceros. Mas, conseguem esperar o momento certo para dizer o que pensam. Gêmeos e Libra são os signos da diplomacia. Câncer, Escorpião e Peixes são os enigmáticos e você nunca sabe exatamente o que eles pensam.

Tia Dirce era costureira no interior. Sua vida era costurar, tanto que morreu diante de uma máquina de costurar fazendo um vestido. Certa vez eu fui passar as férias na sua casa, e sempre tinha clientes que circulavam por lá. Uma das clientes teimava em querer usar um vestido com uma numeração bem menor que o seu tamanho, mas minha tia alertou a pobre mulher que se ela usasse o vestido conforme ela queria, iria parecer uma galinha embalada a vácuo. Resumindo: tia Dirce ficou sem a cliente e sem o dinheiro que faltava para pagar a conta de luz. Confesso que na época eu achava engraçado as coisas que ela falava, mas com o passar do tempo e com a maturidade aprendi que jogar nossas verdades na cara dos outros assim sem mais, sem pedir licença, sem jeito e sem pudor não é sinceridade. É falta de educação mesmo.

Outro dia uma pessoa do meu convívio disse que era sincera demais devido a sua “personalidade forte”, mas deixo aqui o meu alerta amigo leitor. Não acreditem em alguém que diz ter “personalidade forte”, ainda mais quando esses seres iniciarem uma frase com: “Desculpe a sinceridade…” , pois o que vem logo em seguida é uma enxurrada de afrontas, preconceitos e ofensas. São pessoas com muito orgulho, fraqueza de caráter e insegurança profunda e essas coisas que ninguém assume. Ou seja, não existe pessoa com personalidade forte, o que existe é gente com falta de educação mesmo. O fato de você ser sincero não significa que você precisa ser grosso. Uma coisa é a dificuldade que a maioria tem de ouvir a verdade alheia. Outra coisa é o nosso direito de ouvir o outro com o mínimo educação e gentileza.

Poderíamos dizer que existe uma dimensão muito mais crua, obscura e cabeluda do que a falta de sinceridade: a hipocrisia. É nada mais e nada menos do que uma falta de honestidade muito enigmática, onde a pessoa esconde a própria personalidade enquanto exibe uma nobreza moral irrepreensível.

Quando você é criança, você é ensinado que a verdade é boa e que mentir é um hábito que não é aceito. Você é obrigado a ser sincero, mas com o passar do tempo você percebe que te exige sinceridade se ofendem se dizemos a verdade. Chegamos ao ponto em que nos perguntamos o que pode ser melhor: ofender com sinceridade ou mentir por educação. Mais cedo ou mais tarde assumimos que a hipocrisia reina e impera, e que com ela se constrói uma falsa convivência; uma convivência que exibe princípios morais gloriosos e belas ideologias sob as quais normalmente se esconde a covardia ou a simples falta de preocupação com os outros.

A hipocrisia está totalmente institucionalizada em nossa sociedade. Vemos a hipocrisia em alguns de nossos familiares ou colegas de trabalho e, no entanto, não reagimos diante disso. De alguma forma, somos conscientes de que é uma batalha quase perdida: é uma tarefa difícil mudar quem não é sincero nem consigo mesmo.

Existem vários tipos de hipocrisia. Há aqueles que exibem grandes atributos para esconder princípios morais obscuros: o racismo, o machismo, uma mente retrógrada. No entanto, o tipo de falsidade que mais abunda é a daquela pessoa que busca se encaixar, ser aceita e até mesmo louvada. Por isso, ela não hesitará em defender hoje a cor branca e amanhã a cor amarela, e depois o preto, dependendo sempre do ambiente em que estiver.

Como agir no mundo da hipocrisia?

*Lembre-se em todos os momentos de que as únicas expectativas a que você deve atender são as suas. O que o hipócrita recomendar com seu falso critério tem menos importância do que o pó que se acumula nos móveis de sua casa.
*Os hipócritas sempre caem em suas próprias contradições. Quando você perceber, não ataque essas contradições nem inicie discussões com eles: eles darão mil argumentos para se justificarem. Limite-se apenas a mostrar sua contradição, algo curto e firme.
*Se você é obrigado a lidar todos os dias com uma pessoa hipócrita, tenha em mente que ela irá tentar sabotá-lo com bastante frequência. Ela irá qualificar as suas ações e irá rotulá-lo. Se para essa pessoa você é um espelho em que ela vê algo que não gosta, uma das opções que ela terá é acabar com seu mal-estar, ou seja, você.

Comentários